Automni

Baterias de Lítio x Baterias de Chumbo:
qual a mais relevante para sua empilhadeira ou transpaleteira?

Veículos movidos a baterias elétricas tem sido o assunto do momento. Além de econômicos, são silenciosos, não emitem fumaça e têm maior torque se comparados aos motores de combustão interna.

Na logística não é diferente, mais precisamente com relação aos equipamentos de movimentação, como empilhadeiras e transpaleteiras. Os equipamentos movidos à energia elétrica também contribuem para os processos existentes em Centros de Distribuição e linhas fabris.

Após um longo período dependendo de baterias de chumbo-ácido, atualmente temos a opção de baterias de fosfato de ferro-lítio. Mas qual o critério para escolher o melhor tipo de bateria para a sua operação?

Inicialmente, é preciso analisar o perfil da operação: quantidade de turnos, quantidade de equipamentos, custos de mão de obra, sala de bateria, orçamento previsto. A partir dessas informações é possível comparar as vantagens e desvantagens entre as baterias de chumbo e as baterias de lítio, conforme listamos abaixo.

1. Custo

Baterias de lítio custam cerca de 5 a 6 vezes mais que baterias de chumbo-ácido, por isso é necessário comparar todos os custos envolvidos, não apenas o custo de aquisição.

2. Vida ÚTIL

Baterias de chumbo duram 3 anos, em média, enquanto as baterias de lítio podem durar 10 anos. Considerando os ciclos de carga, as de lítio fazem de 5.000 a 7.000 ciclos, enquanto as de chumbo fazem cerca de 1.500.

3. SALA DE BATERIAS

Baterias de chumbo eliminam gases durante a recarga e não devem ficar comprimidas em ambientes pequenos e sem ventilação. Por isso, dependendo da quantidade de equipamentos, turnos trabalhados e pé direito da planta, é necessária a instalação de uma sala de baterias no CD ou fábrica, com sistema de exaustão para ventilação dos gases. Além disso, a sala de baterias também deve contar com itens de segurança e manuseio, como: pintura anti-corrosiva no piso e contenedores para vazamentos das baterias, chuveiro com lava olhos, ralo de contenção, torneiras, tanques de contenção, desmineralizador de água, carregadores, carrinho e/ou talhas para troca de baterias, porta de correr, além dos custos de instalação elétrica, hidráulica e do projeto arquitetônico.

Como exemplo, uma sala de baterias para uma operação em 3 turnos,  com 10 equipamentos e cerca de 100 m2, custa em torno de R$ 200.000,00, além do custo de manutenção do espaço e da contratação de um auxiliar para fazer a troca das baterias e a manutenção das mesmas.

Caso a operação tenha um pé direito alto (12 metros), com cerca de 3 empilhadeiras, operando em 2 turnos, a sala de baterias com exaustão de gases é dispensável, porém alguns itens de segurança, manuseio de baterias e manutenção ainda devem ser considerados.

Já a bateria de lítio não precisa de sala de baterias, pois não é retirada do equipamento para recarga. Essa bateria não precisa de adição de água deionizada (é selada) e pode ser carregada em qualquer ponto do CD, com a instalação de tomadas de sobrepor Steck onde os carregadores possam ser plugados.

4. TEMPO DE RECARGA E AUTONOMIA

Baterias de chumbo necessitam de 8 horas para recarga completa, ininterruptamente, além das 8 horas de descanso. Já as baterias de lítio precisam de 2,5 horas para recarga completa, podendo ser carregadas por oportunidade, ou seja, em tempos parciais durante o dia, durante períodos de parada da operação (troca de turno, almoço, café).

Uma bateria de lítio com carga completa pode ser usada por até 16 horas, enquanto a carga da bateria de chumbo pode durar até 8 horas.

Dessa forma, para uma operação de 3 turnos, seria necessária a aquisição de 3 baterias de chumbo, enquanto o equipamento com bateria de lítio não precisa de bateria reserva.

5. gARANTIA

Baterias de chumbo tem garantia de 3 anos, em média, enquanto baterias de lítio tem garantia de 5 anos.

6. RECICLAGEM

Ambas baterias podem ser recicladas. A legislação ambiental já prevê o recolhimento das baterias através de logística reversa dos próprios fabricantes, que recolhem as baterias inservíveis e providenciam sua reciclagem.

As baterias de chumbo tem vários componentes tóxicos que podem contaminar solos e rios, além de trazerem riscos à saúde se manuseadas incorretamente.

O lítio é menos tóxico que baterias como a de chumbo, mas pode gerar impacto ambiental se o descarte não for realizado corretamente. Elas são inflamáveis por conter metais pesados e há risco de explosão nos aterros, devido ao lítio metálico formado pelo eletrólito da bateria. 
Ainda há poucas empresas que reciclam baterias de lítio, já que apenas um terço do valor da bateria pode ser recuperado. Mais interessante do que reciclar é reaproveitar para uso doméstico, pois elas podem manter até 75% de sua capacidade, mesmo quando ficarem fracas demais.

Robôs da Automni usam as baterias de lítio:

Nossa solução em Robôs Móveis Autônomos é equipada com baterias de lítio e conta com os benefícios a seguir:

  • Maior vida útil: 10 anos aproximadamente;
  • Alta eficiência e não requer sala de baterias;
  • 2,5 horas para recarga completa;
  • Garantia de 5 anos;
  • Disponibilidade: 16.

Veja abaixo um vídeo de demonstração com o nosso CEO, André Abrami, mostrando os benefícios da bateria de lítio em nossa solução de Robôs Móveis Autônomos.

Créditos: 

Este artigo foi escrito por Fabiana Vanin, Gerente de Aplicação na Automni. Profissional com mais de 10 anos de experiência em logística e supply chain.

Sobre a Automni

A Automni é uma empresa brasileira de alta tecnologia que desenvolve sistemas robóticos inteligentes, permitindo que robôs totalmente autônomos, conhecidos como AMR (Autonomous Mobile Robots) que tem embarcada, além de outras tecnologias, um sistema de navegação de ponta que difere nossos robôs dos veículos guiados automaticamente ou AGVs (Automatic Guided Vehicle). Nossos robôs são desenvolvidos seguindo protocolos rígidos de segurança e estão de acordo com as normativas internacionais e podem movimentar seus produtos em paletes, gaiolas e etc, dos mais variados segmentos como na indústria alimentícia, bens de consumo rápido, FMCG dentre outras. Nosso robôs podem ser integrados ao seu ERP ou WMS (Warehouse Management System) preferido! Já integramos com SAP, Totvs, Senior e diversos outros sistemas e teremos prazer em ajudar você com seu projeto!Algumas vantagens:

✔️ Movimentação de paletes, insumos e produtos sem ocupar seus operadores ou operadoras; 

✔️ Fácil implementação – de 3 a 5 meses após o fechamento de contrato;

✔️ Sem necessidade de infraestrutura adicional;

✔️Visibilidade de toda operação através de nossos dashboards e torre de controle.

Além de trazermos modernidade e produtividade para a sua operação, eliminamos acidentes relacionados ao transporte de materiais. Os robôs tem componentes de segurança certificados e nunca estarão distraídos caso alguém entre na frente deles. Nossos sistemas permitem ainda, o monitoramento à distância de sua operação, com informação disponibilizada instantaneamente, dando suporte à tomada de decisão baseada em dados (data driven operation).de 3 a 5 meses

Conteúdos relacionados

Inteligência Artificial na Logística: você não precisa ser a Amazon para aplicar esta tecnologia Uma das tecnologias da 4º revolução industrial, a …

Inovações NA Logística: 4 tecnologias que sua empresa precisa acompanhar Nos últimos anos estamos presenciando uma mudança significativa na indústria logística. O …

Baterias de Lítio x Baterias de Chumbo: qual a mais relevante para sua empilhadeira ou transpaleteira? Veículos movidos a baterias elétricas tem …

Robótica e Logística: cresça rápido ou afunde lentamente Os robôs já fazem parte do nosso dia-a-dia. Auxiliam médicos e médicas em cirurgias …

pt_BR

JUNTE-SE A NÓS PARA UMA APRESENTAÇÃO ONLINE!

Podemos te mostrar como INOVAR